domingo, 11 de maio de 2008

Qual a função da coluna vertebral?

- Qual a função da coluna ?
As principais: Manter a postura ereta em relação à força da gravidade;
Dar mobilidade ao corpo( cervical e lombar);
Multiplicar, distribuir e equilibrar as forças que atuam sobre ou que nascem no corpo;
Receber e absorver os esforços de compressão;

- Quais as doenças mais comuns?
Na infância: Deformidades congênitas( espinha bífida, meningocele, agenesia ou defeito de formação de vértebra ou na junção com o crânio);
Na adolescência: Deformidades( escoliose e cifose juvenil) e as conseqüente a defeitos posturais:
No adulto: as doenças conseqüentes à deficiência músculo-ligamentar (como o desalinhamento das vértebras - listeses- e o deslocamento ou hérnia do disco e/ou a degeneração discal múltipla, com perde de água no interior do disco e de sua função;
No idoso: As moléstias degenerativas, por desgaste e envelhecimento ósseo ou por distúrbios metabólicos do osso, como na osteoporose;

- Quando a pessoa sabe que tem problema de coluna?
Nos traumas agudos: através dos sintomas imediatos, como a dor e/ou a compressão das estruturas nervosas( medula ou nervos periféricos);
Demais casos: Temos as deformidades visíveis( escoliose, cifose) com ou sem dor ou limitação dos movimentos;
No entanto, os principais sinais de alerta são: a dor lombar e/ou a dor cervical irradiadas ou nãos às pernas ou braços e os sintomas vasculares da coluna cervical, como vertigem, tonturas e distúrbios do equilíbrio;

- Quais as causas mais comuns nas enfermidades de coluna?
Os traumas agudos: e também a maneira de transporte do paciente;
Os traumas pequenos e crônicos, que se somam ao longo da vida;
A má postura e o mau uso da coluna( as várias posições na trabalho, no lazer e no dormir);
A degeneração óssea: como a formação de osteofitos, o desgaste articular e a osteoporose;

- Quando se efetua um tratamento mais sério?
A maioria dos casos de doenças da coluna, felizmente, são tratados clinicamente e/ou com fisioterapia e tentativa de correção da postura, sempre antes da maioria das indicações cirúrgicas. Mas muitos casos, principalmente os agudos e traumáticos, vão direto à intervenção do cirurgião;

- Quando o tratamento deve ser cirúrgico?
Nas maioria das fraturas das diferentes porções da vértebra;
Na hérnia discal, cervical ou lombar e com dor intensa;
Degeneração de múltiplos níveis: dos discos intervertebrais quando a dor intensa é o sintomas principal ou por compressão das estruturas nervosas;
Nos tumores de coluna;
Nas fraturas espontâneas do idoso, quando a dor é intensa, podendo-se nesses casos injetar cimento ósseo para enrigecer a vértebra;
Nos desalinhamentos vertebrais (nas listeses), com dor incapacitante;

“Geralmente, a dor é que decide a indicação de cirurgia pelo paciente!”

- Quais as cirurgias mais comuns sobre a coluna?
São aquelas sobre a estrutura que mais adoece, o disco intervertebral.
- O que é hérnia de disco?
É o deslocamento do disco para dentro do canal vertebral, por onde correm os nervos e a medula, produzindo a compressão destes, com dor e/ou limitação dos movimentos.

- Quanto ao uso do colete?
Atualmente, só se usa em determinados casos e por tempo limitado. A função do colete é limitar os movimentos da coluna para controlar a dor, principalmente nas fraturas chamadas, " em explosão".
Modernamente, quando a indicação for a de limitação definitiva de um determinado segmento da coluna usa-se a fixação cirúrgica do segmentos afetados desta coluna, os quais não têm mais função articular e só servem para doer. Estas cirurgias são chamadas de artrodese, feitas com várias técnicas.

- Qual a utilidade da fisioterapia?
A fisioterapia é importantíssima no tratamento das crises de coluna, seja como tratamento preferencial para as disfunções músculo-ligamentares e/ou na correção da postura, pois existe muito mais pacientes com queixas de coluna em consultórios de fisioterapia do que com indicação cirúrgica, seja, também, como coadvante no pós operatório. Aliás, não se concebe mais prescindir-se desse auxílio, tanto os neurocirurgiões, os ortopedistas, como cardiologistas e até os cirurgiões plásticos já as têm em suas clínicas como auxílio precioso.

- Como prevenir as doenças da coluna?
Prevenindo o trauma, usar cinto de segurança, evitar os mergulhos em águas rasas e no transporte correto de traumatizados;
Corrigindo a postura ao longo da vida;
Evitando os pequenos e repetidos traumas;
Reforçando a musculatura paravertebral, través do alongamento diário;
Prevenindo os distúrbios metabólicos, como a perda de massa óssea na osteoporose e em doenças endócrinas detectáveis